Portal O Estado

Alunos criam projeto de combate ao bullying em escola de Teresina

. Para combater essa prática, a turma criou o projeto “Diga não ao bullying escolar”, conscientizando os estudantes dos perigos desse hábito.

Uma pesquisa feita pela turma do 4º ano da Escola Municipal Roberto Cerqueira Dantas com alunos da própria escola mostra o quanto o bullying faz parte da realidade dos jovens. Para combater essa prática, a turma criou o projeto “Diga não ao bullying escolar”, conscientizando os estudantes dos perigos desse hábito.

Os alunos entrevistaram 100 colegas para avaliar quantos conhecem, de fato, o que significa o termo bullying. Para a maioria, o ato de xingar é a prática mais nociva dentro da escola, seguidos de apelidar, bater e humilhar. A pesquisa também mostra que 46% já sofreu algum tipo de intimidação, 24% já foi o praticante de bullying e 13 alunos nem mesmo sabem se passaram por alguma dessas situações.

Segundo o professor Francisco Rodrigues, orientador do projeto, as crianças consideradas mais frágeis geralmente são alvo de agressões verbais, que podem causar sérios danos psicológicos. “Isso ainda acontece muito no ambiente escolar, então precisamos conversar sobre o assunto, em busca de combater essa prática que tanta prejudica nossos estudantes”, afirma.

No pátio da escola, os próprios alunos protagonizaram um diálogo aberto sobre o tema. Exibiram os números da pesquisa e reproduziram os depoimentos de vítimas do bullying escolar, a fim de sensibilizar a todos.

Dê sua opinião:

Tags

Veja também: